terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Os guardiões de kiara parte 20 - por Camila Bernardini


- Faz quase um mês que Thorn não retorna Jasmine. Temos que encontrá-la- Simona gritava como um louco tentando convencer de que podia ter acontecido algo de grave a guardiã líder.
- Simona caso ela ainda não tenha feito o que tinha que fazer, irá se sentir traída por eu levá-los até ela.
- E se ela realmente estiver precisando de ajuda? – Era Umberto que falava.
- Agora concorda comigo? Engraçado, pensei que bolas de pelo não concordassem com vampiros.
- È que vampiros nunca costumam ter razão sobre nada. Mas a questão aqui não é você. Deixe seu egoísmo de lado e vamos nos concentrar em Thorn.
- Egoísta?
- Sim, eu concordei que precisamos procurá-la e você fica ai pensando em uma forma de me atingir.
- Chega os dois!
- Ele começou- Disse Simona.
- Não me importa quem tenha começado. Acho que vocês estão bem grandinhos para que fiquem o tempo todo querendo mostrar quem é o melhor. Onde está a união que Kiara tanto nos pediu?
- Jasmine tem razão Simona. Vamos deixar isso para depois.
- Mini você tem que nos levar até ela. Sinto muita a falta de Thorn e estou com medo do que pode haver acontecido. Ela poderia pelo menos nos dar noticias não?
- Não sei...
Phauno que até aquele momento assistia a conversa em silêncio, lembrou que o anel muito bem poderia estar com Thor e queria logo tê-los em mãos.
- Concordo com os dois, devemos ir.
- Onde ela foi Mini?
-Para a floresta Carpen
- O que? – Simona ficou mais furioso ainda do que já estava. Como Thorn poderia ir sozinha para lá? E que diabos ela tinha que fazer em um lugar como aqueles? Estremeceu de pensar na idéia de que um dos Godos podia machucá-la.
Abriu a porta da cabana e já ia correr quando Jasmine gritou:
- Aonde vai Simona?
- Buscá-la agora mesmo!
- Deixe de ser impulsivo. Já que não tem outro jeito iremos todos juntos.
Os quatro se reuniram para partir. Começaram a caminhada quando viram uma forte luz e logo Kiara a frente deles.
- Meus guardiões cada dia estou mais enfraquecida sem meus poderes.
- Kiara nos desculpa. Thorn foi à busca de algo pessoal e acabou atrasando nossa verdadeira busca.
- Não me peça desculpa Jasmine. Não estou chateada com vocês por isso. E sim pela desunião. Quando não estão unidos, em sintonia os poderes de todos enfraquecem. Não podem vencer sem estarem juntos.
- Eu disse que devíamos ter ido atrás de Thorn desde o começo. – Simona respondeu com ar de que os outros deviam tê-lo escutado.
-Não Simona, Thorn precisava desse tempo sozinha. Quando os corações e as mentes de vocês estão ligadas, mesmo que estejam a distâncias enormes um dos outros, ainda assim permanecerão unidos. Mas quando mesmo a menos de centímetros juntos não se sentem bem na presença um do outro é por que algo vai errado.
- Quer dizer que devemos nos amar? – Umberto disse em tom frio e impessoal. Achando impossível sentir uma ligação com aquele vampiro. Ainda não entendia como Thorn podia amá-lo. Um pequeno sorriso disfarçado brotou de seu rosto. Vai ver que ela tinha cansado dele e fugiu. Não queria que eles a encontrassem. Vai ver nem estava na floresta do Godos.
- Somente quando acontecer novamente vocês vão saber do que estou falando Umberto.
- Thorn está bem Kiara? – Jasmine perguntou.
- Acho que vocês devem ir até ela.
- Ela precisa de nossa ajuda ou nos abandonou?
-Phauno, tenho certeza que Thorn já se mostrou ma ótima líder e nunca deixou nenhum de vocês para trás. Só com um motivo forte ela os esqueceria. E não por livre e espontânea vontade.
- O que quer dizer? – Simona perguntou desesperado.
Kiara desapareceu deixando a pergunta do vampiro sem resposta alguma. Jasmine abaixou a cabeça e já tinha a resposta. Thorn fora hipnotizada por algum dos Godos para que esquecesse o passado e permanecesse junto com eles. Seria difícil trazê-la de volta, mas teriam que tentar.

Um comentário:

carlos disse...

precisa voltar a escrever contos, dá saudades!